Como montar sua network efetiva para te indicar clientes constantes.

Ola pessoal, tudo bem? Espero que sim.

Como é do conhecimento de quem recebe os e-mails da nossa lista, sempre trago informações que possam ser utilizadas no dia a dia do advogado e do estudante de Direito para melhorar sua performance, seja na faculdade ou na sua advocacia.

Hoje resolvi escrever algo sobre uma ferramenta de prospecção de negócios que existe há muito tempo, porém nunca estará fora de moda, a formação de network ou rede de trabalho, ou rede de negócios como você desejar chamar, o importante é que ela traga resultados para você.

Inicialmente você precisa saber o que vai oferecer, nem pense em oferecer “Serviços advocatícios” pois isso é muito genérico e certamente você terá dificuldades em montar uma rede com essa extensividade, o importante é você saber o que vai oferecer para uma determinada rede, de fato ser bem específico quanto ao seu serviço, para dar o tiro certo.

Sendo assim, inicie com a prospecção dos seus possíveis clientes pela família, peça indicação, peça que a família indique possíveis clientes, nas reuniões de família seja claro, indique seu ramo de atuação e peça que eles localizem pessoas que possam usar dos seus serviços.

Depois de conquistar a família, procure o seu nicho de mercado em locais específicos, porem sem enganar ninguém, pois as pessoas podem saber que estão sendo usadas, mas nunca enganadas, sendo assim, diga o motivo claro de sua visita ou passagem.

Informe as pessoas sobre seu produto e quanto tiver interesse em conhecer alguém de forma específica, diga para o seu contato que você tem um produto que pode interessar muito a determinadas pessoas, não tente enganar ninguém dizendo que gosta da pessoa ou algo do gênero, diga que você está ali para vender e pronto.

Procure pessoas que tenha interesse em seu produto para oferecer uma degustação, isso mesmo, que tal oferecer uma palestra a um determinado público e no final deixar seu cartão, ou oferecer um treinamento gratuito em uma loja para vendedores sobre o código de defesa do consumidor? Isso tudo é formação de network e não é tão trabalhoso.

Faça uma planilha indicando a quantidade de pessoas que você já conheceu e quantos clientes foram gerados, assim você vai saber a quantidade de pessoas que se faz necessário para ter a quantidade de clientes desejados.

Não durma no ponto, dedique ao menos um dia da semana para conhecer pessoas, mas nada de reuniões constantes em estabelecimentos de classe, pois já falamos que dificilmente você vai encontrar alguém que precise de um advogado nesse local.

Sendo assim, começa agora a fazer tua planilha de ações para forma sua network, não perde tempo, não esquecendo de utilizar nosso aplicativo para montar sua network e fazer novos bons negócios.

Um forte abraço

Sobre o autor

Denilson Ferreira

É advogado, pós graduado em Direito Publico e Direito de Família, cursando MBA em Gestão em Marketing é apaixonado por empreendedorismo, milita na área civil e de propriedade, responsável pelo núcleo civil da DF& Advogados e é o criador da comunidade jurídica PautAberta. @pautaberta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *