Precisando de mais produtividade para sua advocacia?

Eu sou Denilson Ferreira, criador da comunidade jurídica PautAberta, e quero ir direto ao ponto para falar do assunto deste e-mail: “Produtividade”.

Você está sendo produtivo em sua advocacia?

Produtividade é um substantivo feminino, que tem como significado a “característica ou condição do que é produtivo e capacidade de produzir”.

Então surge o questionamento: o que posso fazer para ser cada vez mais produtivo? Lembrando que o resultado da produtividade, na vida corporativa, é ter um bom salário. Então, se você não está tendo um bom salário com sua advocacia, você pode não estar sendo produtivo.

Para sermos produtivos, eu elenco 4 requisitos basilares: 1) organização 2) planejamento 3) otimização e 4) foco. Sem esses requisitos, dificilmente seu dia, seu mês e seu ano será produtivo, e isso se dá por um motivo muito simples, a produtividade deve ser exercida de forma contínua e escalável, ou seja, sempre que você é mais produtivo, mais resultados você terá.

Desta forma, organize o seu tempo, procure desenvolver uma agenda programada com os compromissos rotineiros, reservar um dia para ir ao Fórum despachar processo, tentar marcar as reuniões sempre em um único dia, se possível e deixar a produção de peças para noite. Isso pode ser feito independente do tamanho do seu negócio.

Planeje todas as suas ações, principalmente as de longos prazos, não deixe que o “estilo Zeca Pagodinho” deixar a vida levar você. Seja seu guia! O “Zeca” fala isso, porque vive de direitos autorais e não precisa mais ralar para viver, mas com você é diferente, sendo assim, planeje suas metas de longo, curto e médio prazo, sempre fazendo medições para estudar a viabilidade da mesma, não deixando que o acaso se instale em sua vida, pois ele só vai trazer o caos.

Otimize todas as suas tarefas. As mais simples devem ser, de fato, simples. Não arrume problema onde não existe. Não invente situações complexas que não existem, na tentativa boba de valorizá-la.

Pra otimizar meu tempo, utilizo modelos de petições para uma melhor produção. Como tenho muito coisa pra fazer, se for procurar jurisprudência e outros componentes da petição, vou perder tempo e isso não é justo diante de tanta coisa que precisamos fazer para obter resultados.

Sendo assim, vou compartilhar o pacote de modelo que utilizo. Um pacote com mais de 30 mil modelos de petições que pode ser adquirido por apenas 12 x de R$ 19,28.

Na primeira ação que fiz, já tirei todo o meu investimento!

Clique no link abaixo  e veja todas as informações referente a esse pacote de petições.

https://go.hotmart.com/L17203480K

A vantagem é que as petições já vêm todas com jurisprudência e doutrina atualizada, sendo um ótimo economizador de tempo.

O foco deve ser constante: o que você quer? qual o tempo que você deseja para chegar? e como você vai fazer isso?

Nada de focar em algo que não existe, sendo assim, transforme seu foco macro em varios

focos micros serão mais fáceis de realizar, e você sabe que “o pouco muito, é muito”.

Se você quer mais informações sobre marketing, empreendedorismo e assuntos relacionados à gestão de carreira na advocacia, manda um e-mail para a gente.

Sobre o autor

Denilson Ferreira

É advogado, pós graduado em Direito Publico e Direito de Família, cursando MBA em Gestão em Marketing é apaixonado por empreendedorismo, milita na área civil e de propriedade, responsável pelo núcleo civil da DF& Advogados e é o criador da comunidade jurídica PautAberta. @pautaberta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *